"Domine Deus Omnipotens em Cuius Manu Omnis Victoria Consis"

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Bons Momentos

Ontem senti um bem estar incomparevel, e decidi escrever sobre esse momento.


"São poucos os momentos bons da vida, e mais poucos ainda os que são apreciados.
Adoro sentir o ventinho frio tocar meu rosto, meus cabelos, minha pele. Sinto uma liberdade inigualável, como se minha alma se desprendesse do meu corpo, livre num vôo pelo céu.
Foi isso que senti hoje, pude passear entre as nuvens, enquanto a tarde se apagava. O dia até pareceu maior.
Friozinho gostoso, como gosto de me sentir assim, meus cabelos ainda estavam molhados, o que retardou a sensação de frescor bem estar, o ar esta limpo e com um leve cheiro de grama, como se o sereno da noite tivesse acabado de cair sobre ela.
O vento dançando pelo chão trouxe o perfume as alturas, ao céu
Nesse momento dei-me conta de que tudo isso seria eternizado em minha mente em minh’alma.
São 18:45 PM e o dia ainda não se apagou por completo, a pouca luz que resta da-me a liberdade de escrever estas poucas linhas.
Hoje apredi que Deus faz diariamente do céu sua tela de pintura, onde todos os dias é pintado um entardecer diferente, para cada dia há uma pintura.
Deus pintas as tardes de todos os dias, e jamais uma será igual a outra."

Moni
25/01/2009

Um comentário:

Marcos Miorinni disse...

Oi Moni, tudo bem, tem um "desafio" pra você no blog
http://janelasetravessias.blogspot.com

Abraços Literários
Marcos