"Domine Deus Omnipotens em Cuius Manu Omnis Victoria Consis"

quarta-feira, 12 de maio de 2010

O, Dead

O Death

O death
O death
O death
Won't you spare me over another year?
But what is this I can't see
Witch ice cold hands taking hold of me?
When God is gone and the Devil takes hold
Who'll have mercy on your soul?
O death
O death
O death
O death
No wealth, no ruin, no silver, no gold
Nothing satisfies me but your soul
O death
Well I am death, no one can exel
I'll open the door to Heaven or Hell
O death
O death
My name is death and the end is here

O Death

Ó morte
Ó morte
Ó morte
Porque não me poupas só mais um ano?
Mas o que é isto que não consigo ver
Com mãos frias como gelo a envolver-me?
Quando Deus desaparece e o Diabo toma a poder
Quem terá piedade da tua alma?
Ó morte
Ó morte
Ó morte
Ó morte
Nem riqueza, nem ruína, nem prata, nem ouro
Nada me satisfaz a não ser a tua alma
Ó morte
Eu sou a morte, ninguém pode escapar
Abrirei a porta para o Céu ou o Inferno
Ó morte
Ó morte
O meu nome é morte e chegou o fim
 
 
"Vi essa musica na 5ª temporada de Sobrenatural , achei forte e inpactante, quem quiser ouvir :"

Um comentário:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lembrou-me o *Gótico*. Tinha um blog com este nome. E continuo gostando. I´ll see the video!

*Uma onda irrompe raivosa no rochedo, quebra-se toda
em violenta espumarada branca, sibilante,
e ricocheteia, recolhendo o fôlego, irada, frustrada –
que belo!

Espuma do Mar
D. H Lawrence*
Trad. da Renata

Kiss, dear Moni!
I love you