"Domine Deus Omnipotens em Cuius Manu Omnis Victoria Consis"

terça-feira, 6 de abril de 2010

Eu sou um poema inacabado
Que ninguem nunca leu
Eu sou aquele sonho bonito
Que ninguem realizou
Eu sou aquela paixão gostosa
Que por medo alguem sufocou
Eu sou o amor que alguem esperava ,mas nunca chegou

Clarice Lispector

3 comentários:

Juliana Mendes disse...

ameeeeeeeeeeeii
me identifiquei muito..
é incrivel como esses autores tem a perspicacia de escrever situações desse jeito, tão perfeitamente igual ao que todos vivem...
!
=D

Olavo disse...

Clarice é perfeita sempre..
Beijos moça

Thais motta ~ disse...

Clarice é fantástica .
Confesso que não conhecia esse poema dela , mas de qualquer forma .. eu adorei.


beijão .