"Domine Deus Omnipotens em Cuius Manu Omnis Victoria Consis"

sábado, 30 de janeiro de 2010

Uma historia de coração...

Em algum lugar havia um Coração que amava escondido e dizia n amar...
Sofria e dizia n sofrer...
Esse mesmo Coração apaixonado a tristonho deu as costas ao amor q sentia , e pensou poder esquecê-lo e se reinventar...

O tempo passa e a cada dia o percebe que cometeu um erro , mas agora é tarde, o tempo o distanciou daquilo que mais amava...lhe deu vida nova, responsabilidades, deveres...

Pobre Coração , sofreu...sofreu...sofreu...

Mas o destino é uma icognita, seus caminhos e metodos é um misterio onde todos tentam dar uma explicação e ninguem consegue entender.

Um dia o mesmo destino que os separou os uniu de novo, e mais uma vez o Coração soube o que era amar e ser amado...
Aquela tal distancia, acompanhada pelo experiente tempo, mais uma vez ensina que o amor vai alem do tempo, das pessoas, da distancia, das palavras, ele existe simplismente, e nunca desaparece, perpetuando sua existencia para sem chamado de amor.